quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Encontrei um coração caído


Encontrei um coração caído
Na Rua de Não Ser.

O seu bater sustido
Albergava o que, escondido,
Sobrava de si.
E não havia sussurro,
Que seu espírito mudo,
Perdera-se ali.

Tomei-o na mão
E guardei-o em mim.

Transportei-o de rua em rua,
Até encontrar a sua,
Num corpo por habitar.
Porém, não mais quis partir,
Abrigara-se para não ir,
E tomara em mim um lar.

Sorri e aconcheguei-o,
Para não mais o abandonar.

Ayalal,
07.Abadius.4700

2 comentários:

Moonchild disse...

Já há muito tempo que não passava por aqui, talvez anos, mesmo assim, o teu espaço continua como sempre. Excelente!


abraço


boa noite

Leto of the Crows - Carina Portugal disse...

Muito obrigada! Serás sempre bem-vindo :)
Beijinhos.