sábado, 10 de outubro de 2009

Coração do Mar

Escuta o marulhar fresco
Que te chama em tom de água.
Que é gélido o seu apelo,
De negro o soar contido.
É voz trémula de mágoa,
Esse grito rouco em gorgolejo...
Que és só tu e tu o seu desejo,
Esvanecido na lassidão.
De profundo em profundo,
Mais que profunda imensidão,
A daquele abismo íngreme
Para os confins do coração.

(Prín - Capítulo VII - O Mar do Interior)

8 comentários:

p a t r í c i a * disse...

Oh!
É nada feio, Liti... é tão bonito! Tu nunca escreves nada feio.

É tão bonito...

Kath disse...

PRIN PRIN PRIN PRIN *fangirl*

Leto of the Crows disse...

Lifi... é feio sim! *hmph*

E Catawina... o Prín é reles xD

Brid disse...

Uau, lindo mesmo! :O

Letoooo, o teu blog tem uma coruja a expiar-te... Oo

xDDD

O BAR DO OSSIAN disse...

Mete este n'O Bar, deixa em rascunho que metemos uma imagem fixe...

Abraço lusitano!

P. S. E vê se perdes o acanhamento,
ó lindinha... Se tens dúvidas, vai deixando o que queres por lá publicar em rascunho, que nós tratamos do resto... ;)

Leto of the Crows disse...

Fifi, Joli, Brid (o que preferires) a coruja não me está a espiar, está a defender os meus domínios :P

****

E senhor vampiro, não é acanhamento, é perfeccionismo xD

Beijinhos!

Lord of Erewhon disse...

Toca mas é a escrever! Assim uma coisinha com bardos, que ainda estamos a festejar o aniversário da nossa casinha...

Beijinhos.
P. S. E não te «acanhes» com o meu blogue pessoal, sou vampiro mas só esfarrapo a garganta às pessoas que detesto... LOL!!!

Leto of the Crows disse...

Lord,

Vou ver se consigo escrever alguma coisa, mas ultimamente não tenho andado muito inspirada para os lados da poesia...

E está descansado que não me acanho com o teu blog, até é um espaço muito bom :P

Beijinhos!