terça-feira, 31 de maio de 2011

Partícula


Dust in the Wind..., by Skategirl

Estilhaçou-se a partícula d'armadura,
A que forçava a união das juntas
A que prendia as conjecturas
Nos braços mortos da solidão.

Atingiu-a fulgor ressequido
Rumante das tochas forçadas,
Ao silêncio da escuridão.

Perdeu-se assim do caminho.
Um passo nas sombras
Que não a encontras,
É a queda de uma divindade.

Um passo no inconsciente
Que ela é demente.
E esqueceu-se da liberdade.

3 comentários:

Blood Tears disse...

Genial querida leto!

Blood Kisses*

Brid disse...

Já tinha saudades de ler estes teus poemas :)

Leto of the Crows disse...

Obrigada ^^

(Mas não gosto dele xD)