segunda-feira, 8 de junho de 2009

Sarhyrt (Felino)


Uranien. Saê uraniê?
Durnin se darar uran.

Ghyrien, ceri saê ê nelorhnien,
Nimani sarhyrt sase ceveron,
Kuoron se frharien
In merigor wueyr
Uthil riern uthil, myrgalash…
Liel in alanien vorghianar

Escutem. Não escutam?
Impossível de imprescindível escutar.
Contemplem, que não o vêem,
Vivo felino das brumas,
Lâminas de garras
E presas fantasmas
Passo ante passo, predador…
Murmúrio e encanto mortal.


(Imagem desenhada pela Catarina (a minha prenda de anos adiantada hehe) representando Landar, uma das personagens de uma história que escrevi.)

17 comentários:

Kath disse...

>.< Tu meteste isto aqui! Mas gosto do poema, tal qual o meu Landarzinho *cof cof*. xD

Leto of the Crows disse...

Está tão fofo o desenho *.*

E o Landarzinho é meeeeeeu!

Joli disse...

TB QUERO INVENTAR UM IDIOMA! *.*

Leto of the Crows disse...

Então, pega na caneta e inventa! xD

Roderick disse...

Isso é o quê? Gaélico?

Leto of the Crows disse...

Não, é Cleriamn, uma língua élfica que ando a criar, de forma um pouco rústica ^^

t i a g o disse...

Cleriamn é lindo ^^

E o poema em si também! Parabéns! Adorei ^^

(Ah, e apesar de achar o landar m bocadinho feminino nesse desenho, gostei xD).

João Afonso Adamastor disse...

Fantástico...

Onde ou quando é possível ler
"O Retrato da Biblioteca"?


... a crítica em 'Lydo e Opinado!' é bastante sugestiva!

:D

Leto of the Crows disse...

Oh pa... eu não me importava que fosse já amanhã e que te pudesse dizer que havia naquela e naquela loja... mas o único sítio onde "O Retrato" está é no meu pc xD

João Afonso Adamastor disse...

Vou esperar então... talvez um dia destes encontro-o por aí.

: )

HornedWolf disse...

Sem contar com a publicação ou não do livro, é possivel lê-lo de alguma forma?

Leto of the Crows disse...

Bem... sim, penso que seja possível. Posso enviar por e-mail. Mas aviso já que não é nada de muita qualidade e está a precisar de mais uma dúzia de revisões. O Tiago exagerou um bocadinho na crítica xD

DarkViolet disse...

As sombras estão acorrentadas medos, ir por elas é audácia ou loucura, mas não deixa de ser o instinto da Alma

Esse Landar está bem armado. Se ele afia as suas lâminas ainda vai conseguir ceifar muitas coisas:)

§ Sandy § disse...

ja tinha saudades de aqui vir... ha algo nas tuas palavras que me acalma, algo que me traz paz... não sei porquê as tuas, visto não nos conhecermos, mas é esta a verdade...

o desenho está simplesmente fantástico.

abraço

HornedWolf disse...

Podes fazer isso?..
Prometo, se quiseres, que te dou uma opinião detalhada, vou escrevendo notas.

o mail é akashiclar@gmail.com

dumb i sound disse...

um landar larilas! viva!

p a t r í c i a * disse...

Está giro o poema! E a música também, fiquei com ela na cabeça... xD
E o Landar está fofo!fd