quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

A Morte do Dragão


Armaste-te em passado, de cota de malha
Desbotada de envelhecido tempo.
Armaste-te e partiste para a batalha,
Bateste dragão em entrechocares reminiscentes,
Bateste de espada em punho e entredentes,
Entoavas o hino que o matou,
Canto antigo e algures perecido
Com quem outrora o entoou.

E finaste-te em jóia negra.
O que de ti restou era um vão
Rochedo cravejado em pedra.
Não querias em estátua perecer,
E por ela gritou o ego ao morrer.
A honra ficou-se detida nesse coração,
O imortal rugiu e tu fugiste,
Da morte do sagaz dragão.

Que relembrou ele a lâmina contundente
Que um dia o trespassou.
Não ficaste tu, mas ficou ele,
Na aurora e no crepúsculo que anteviu,
No Mundo teu que fiel serviu;
E foi segredo plantado em semente.
Foi dia (aquele) em que se pôs
O puro esplendor do Sol Nascente.

6 comentários:

Roderick disse...

Se lesse isto ao meu filho (tem 4 anos) ele ficava triste. Porque matastye o dragão e ele gosta imenso de dragões.
Isso não se faz!!!!!

Ana Priscila Sousa disse...

Está muito bonito. Quem sabe o dragão poderia ter sido um grande aliado e terem aprendido muito um com o outro, mas por vezes escolhemos o caminho menos digno e a vida acompanha essa escolha!! Numa outra era nascerá talvez ele dragão para aprender tudo o que prescindiu ao dar ao ego a razão!
Beijinhos

Leto of the Crows disse...

Roderick,

Eu não matei o dragão, foi o cavaleiro mau, e ele depois foi devidamente castigado, como todos os maus devem ser por cometerem vis atrocidades ^^

*

Priscila,

Talvez isso possa acontecer, mas só o Fado o poderá entender!

Beijinhos!

Blood Tears disse...

Awwwwww

Eu adoro dragões.....

Adorei o teu poema, como sempre.... ^^

Blood Kisses

Joli disse...

Ahaha, o poema que escreveste no anfiteatro ^^ está muito bonito :) ainda bem que gostaste da minha historia ^^ Beijinhooos****

Francisco Norega disse...

Leto, fazes mesmo questão que eu comente os teus poemas?

É que são todos tããããoooooo bonitos que é impossível os comentários acompanharem a qualidade e criatividade dos poemas :P